Palestra na Asbea – “As Arenas que projetamos”

publicado em 03/07/2014

30/Junho/2014

As Arenas que projetamos – um legado da Copa para a Arquitetura Brasileira

 

Aconteceu nesta tarde em São Paulo o 2ª Conjuntura AsBEA. O evento abordou os projetos dos estádios da Copa e o legado que eles deixarão para a arquitetura brasileira.

 

O evento contou com a palestra do arquiteto Eduardo Castro Mello, autor do Estádio Nacional Mané Garrincha

 

Veja depoimento do palestrante Eduardo de Castro Mello:

 

Hoje, no evento Segunda Conjuntura da AsBEA tive o prazer de apresentar aos colegas presentes o nosso projeto para o Estádio Nacional de Brasilia “Mané Garrincha”. 

Foi um momento especial em que pude detalhar os critérios adotados no projeto, as dificuldades de caráter burocráticas vencidas ao longo de sete anos de dedicação direta nesta importante obra.

Acredito que o resultado final foi satisfatório e o estadio esta ai cumprindo a sua função nos jogos da Copa com aceitação total pelo cliente, pela FIFA e pela população de Brasilia.

O evento mundial foi uma ótima oportunidade para mostrar  que a arquitetura brasileira sempre foi e vai continuar sendo respeitada por sua qualidade.

Parabéns à AsBEA  por iniciativas desta natureza.

 

Segundo Vanessa Nístico da Forbo, o 2º Conjuntura foi ”mais uma ótima ação de relacionamento com conteúdo e uma oportunidade de estar em contato com grandes profissionais da arquitetura. A obra apresentada pelo Eduardo de Castro Mello foi um exemplo de projeto de alto nível que alia sustentabilidade, design e qualidade, tópicos essenciais para uma construção nos dias de hoje”.